[ LANÇAMENTO ] AMD olha para o futuro e conta o que vem por aí !!!

Nos anos 80, a trilogia “De Volta Para O Futuro”, de Robert Zemeckis, previu muitas tecnologias que se tornaram reais. Entre elas, podemos incluir cinemas com filmes em 3D, controles de movimento, telas planas, videoconferências e cartões de crédito. Inspirada pelo filme, a AMD, líder de inovação em tecnologia, olhou para o futuro para ver o que vem por aí, e compartilhou, através de Richard Huddy, cientista-chefe de gaming, as seguintes tecnologias:
 

  1. Gráficos ainda mais reais – Os gráficos em todos os tipos de mídia melhoram a cada ano. Ao longo da próxima década, veremos gráficos cada vez mais próximos da visão humana, permitindo que diretores e desenvolvedores ampliem o alcance e a imersão de sua arte.
  2. Displays por toda parte – Em cerca de 10 anos, será possível ter displays e monitores em toda parte. Por exemplo, um motorista pode saber, em tempo real através de telas em seu carro, quais as condições do trânsito à frente, ou projetar um mapa no para-brisas para seguir a rota. Isso mudará a forma como interagimos com a tecnologia e com o mundo ao nosso redor.
  3. Interfaces de computação intuitivas – Nos próximos 10 anos, veremos interfaces de computação que serão mais naturais e fáceis de usar. Com isso, será possível ter telas flexíveis e projetáveis, comandos de voz mais precisos, e poderemos interagir com computadores de uma forma ainda mais intuitiva.
  4. Pessoas e tecnologias mais conectadas – Internet das Coisas, Internet de Tudo e Dispositivos Conectados. Isso já é uma realidade, mas atingirá um novo patamar nos próximos 15 anos, permitindo que as pessoas se conectem diretamente às máquinas e dialoguem com elas, criando uma rede de informações. Além da possibilidade, que pode parecer ficção científica, de enviar informações diretamente para o cérebro humano, ou imagens para o nervo óptico, sem a necessidade de uma tela como intermediária.  
  5. Inteligência artificial – No futuro mais distante, talvez daqui a 40 anos, pode ser possível criar robôs plenamente capazes de se reprogramarem e adaptarem às situações. Isso pode nos ajudar a descobrir melhorias para a vida humana na Terra de formas que mal podemos imaginar hoje.

 

A AMD já está investindo em soluções para tornar essas tendências realidade, através de projetos inovadores como a tecnologia HBM, novos componentes como a AMD A-Series, Fiji e Fury-X, além de ajudar a alimentar a realidade virtual com soluções como o LiquidVR para desenvolvedores.