[ EVENTO ] Game BRASILEIRO finalista do BIG FESTIVAL!

E ae galera, o mercado de games BRASILEIROS anda aquecido e agora quem se "destaca" é o game Treeker: Os Óculos Perdidos, da desenvolvedora brasileira Blu Box Soft, que é um dos 5 finalistas do BIG FESTIVAL, que está na sua 3ª edição!

Este ano, foram 492 inscritos, de 44 países diferentes, e mais da metade deles (261) produzidos no Brasil. O prêmio de R$ 45.000,00 será dividido da seguinte forma: Melhor Jogo (R$ 15.000,00), Revelação Brasil (R$ 15.000,00), Melhor Jogo Educacional (R$ 10.000,00). A votação foi feita por profissionais especializados em games e entretenimento digital, entre eles o presidente da Abragames, Ale McHaddo. Os outros R$ 5.000,00 irão para o game eleito pelos visitantes do evento, que no ano passado recebeu 8.000 pessoas. A entrada é gratuita e o público pode testar os games.

Quando e Onde?!

BIG Festival será realizado no Centro Cultural São Paulo, de 27 de Junho a 5 de Julho, com entrada gratuita. O local fica ao lado das estações Paraíso e Vergueiro do Metrô, pertinho da Avenida Paulista.

Seguem os classificados deste ano para o BIG Festival, divididos por categoria. Lembrando que esta é apenas parte do evento que tem ainda o BIG Starter (inscrições até 15 de junho), para jogos que estão em desenvolvimento, e o Business Fórum, que são as rodadas de negócios (inscrições a partir de 1º de junho).
 

MELHOR JOGO

-      This War of Mine (11 bit studios), da Polônia

-      Treeker: Os Óculos Perdidos (Blu Box Soft), do Brasil

-      Event[0] (Ocelot Society), da França

-      Lumino City (State of Play Games), da Inglaterra

-      Mekazoo (Good Mood Creators), dos Estados Unidos

 

REVELAÇÃO BRASIL

-      Odallus: The Dark Call (JoyMasher)

-      Toren (Swordtales)

-      Treeker: Os Óculos Perdidos (Blu Box Soft)

-      Momodora 3 (rdein)

-      Magenta Arcade (Long Hat House)

 

MELHOR SOM

-      Klang (tinimations), da Noruega

-      Inside My Radio (Seaven Studio), da França

-      Apotheon (Alien Trap Games), do Canadá

-      Thumper (Drool), Coreia do Sul

-      Mekazoo (Good Mood Creators), Estados Unidos

 

MELHOR ARTE

-      Lumino City (State of Play Games), da Inglaterra

-      Plug & Play (etter studio), da Suíça

-      The Coral Cave (Atelier Sentô), da França

-      Treeker: Os Óculos Perdidos (Blu Box Soft), do Brasil

-      This War of Mine (11 bit studios), da Polônia

 

MELHOR NARRATIVA

-      Dead Synchronicity: Tomorrow Comes Today (Fictiorama Studios), da Espanha

-      Event[0] (Ocelot Society) da França

-      This War of Mine (11 bit studios), da Polônia

-      ULTRAWORLD (Neon Serpent), dos Estados Unidos

-      Three Fourths Home ([bracket]games), dos Estados Unidos

 

INOVAÇÃO

-      Tribal & Error (Grotman), da Holanda

-      Event [0] (Ocelot Society), da França

-      Plug & Play (etter studio), da Suíça

-      NOVA-111(Funktronic Labs), dos Estados Unidos

-      Find The Line (Stigol), da Ucrânia

 

MELHOR GAMEPLAY

-      A Good Snowman is Hard to Build (Draknek), da Inglaterra

-      Circa Infinity (projeto de faculdade de Kenny Sun, New York University), dos Estados Unidos

-      Klang (tinimations), da Noruega

-      Big Action Mega Fight (Execution Labs, Inc), do Canadá

-      Okhlos (Coffee Powered Machine), da Argentina

 

EDUCAÇÃO E APRENDIZADO

-      Learn Japanese with Tako – Hiragana, Katakana, Kanji and Romaji (Grogshot Games), da Espanha

-      Niche: A Genetics Survival Game (Playful Oasis), da Suíça

-      Synonymy (Christopher Jarvis), dos Estados Unidos

-      Wyz (Patricia da Silva Leite), do Brasil

-      Overpaint (Landka), de Portugal
 

Serviço

3º BIG Festival (Brazil's Independent Games Festival)

De 27 de Junho a 5 de Julho (Segunda, 29, não abre)

Fórum de Negócios do BIG: 1, 2 e 3 de julho

De terça a sexta: 10h às 20h / Sábado e domingo: 10h às 18h

Centro Cultural São Paulo - Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP

Entrada: Gratuita

Sobre O BIG Festival

         O BIG Festival (Brazil's Independent Games Festival), primeiro festival de mercado com foco na produção independente de games do Brasil e único na América Latina, visa fortalecer a produção independente de games no Brasil por meio da capacitação de profissionais, troca de experiências e intercâmbio de produtos, e se estabelecer como ponto de encontro e de referência para desenvolvedores de jogos nacionais e internacionais. A programação inclui atividades exclusivas para profissionais da área e outras abertas ao público.

O BIG tem patrocínio do BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Prodesp - Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo, SENAI- RJ, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Micro Empresas;  em parceria com a Apex-Brasil - Agencia Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, ABRAGAMES - Associação Brasileira de Desenvolvedores de Jogos Digitais e Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers. Realização Ministério da Cultura,  Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e SPCine.